23 maio, 2012

Instante



Perguntas-me «quando?» E não tenho resposta. O tempo é uma medida ingrata, distorcida.
Digo-te «agora», «este instante», enquanto te perdes num labirinto escuro, numa espiral de contradições. Em círculos vives a cegueira do imprevisível, a ansiedade do querer e não poder. Perdes-te de juízo, dúvidas e complicações. Perdes-te e eu já não te encontro, não te vejo, não te desejo. No instante nosso que passou sem perceberes. No olhar que te despiu e fugiu de raspão, no toque da mão que arrepiou o corpo de prazer, no sorriso que te beija com timidez. Passou o nosso instante mais uma vez. E as perguntas persistem por entre o encaixe perfeito dos corpos que se descobrem num sonho, repetitivo, meu e teu. Surge sempre "o depois" que persegues sôfrego, como um muro alto que nos separa e afasta, onde embato estilhaçada e desisto de te procurar. Onde somos inevitavelmente dois. Perde-se o momento em que te quero, sempre o agora, neste instante. Afogado em perguntas que não respondo, não me perguntes, não me interessa, o que vem depois.


6 comentários:

Criatura Mistério disse...

"Desobedeceste-me deliberadamente.»

LEANDRO CHH disse...

Olá amiga Closet ,gostei muito do seu blog . Parabéns por essa excelente iniciativa! Fico feliz toda vez que encontro um trabalho legal como o seu.
Encontrei muitas coisas legais aqui, já estou seguindo seu trabalho e estarei aqui sempre que possível.
Vou deixar um convite para conhecer o meu blog o endereço é http://www.construindohistoriahoje.blogspot.com nele eu abordo estudos voltados para história geral, paleontologia, arqueologia, política, atualidades, personalidades da história,espiritualidade, psicologia das massas, poemas épicos dentre outros assuntos.
Abraços,
Leandro CHH

Closet disse...

Criatura Mistério, desobedeci???!!

Closet disse...

Leandro, obrigada, já passei pelo seu blog, vou acompanhando o seu trabalho e aprendendo um pouco de história! Abraço

mac disse...

Tu tens sempre de escrever assim como se às vezes vivesses as minhas histórias? vou roubar descaradamente :p

Beijinho dos nossos***

Closet disse...

Minha linda, tu nunca me roubas nada!! É teu :)
Beijinhos dos nossos ***