09 abril, 2012

al menos


Que a cada manhã acorde com vontade de amar.
Abraçar-te descontroladamente, atirar-te ao chão. Espreguiçar-me pelo areal extenso do teu corpo e rebentar por fim num beijo intenso e salgado. Deixar-te o dia inteiro com a sede dos meus lábios, para que voltes ao fim do dia sequioso. Depois, lançar-te a teia dos meus braços, seduzir-te num olhar incendiado e no silêncio do meu sorriso enfeitiçar-te, e levar-te para o meu refúgio.



2 comentários:

S.o.l. disse...

É bom quando acordamos com essa vontade. De sentir e fazer com que nos sintam.

Mas hoje acordei mais virada para o ser sincera comigo mesma, e para amar sim, quando sentir essa vontade, esse amor que transborda do peito, essa paixão que nos faz arrebatar alguem, para no fundo não banalizar o amor... :)

Closet disse...

É bom acordar assim SIM! Mas não, também não acordei assim, hoje! Isto era uma espécie de "ideal de vida!", adoro esta frase do Pablo :)