29 março, 2012

Equilíbrio

Como se a felicidade estivesse fechada dentro de potes de vidro transparente, arrumados num móvel alto.
É preciso uma escada, uma corda ou um banco para os alcançar.
É preciso subir sem medo de olhar para baixo, esticar os braços trémulos, balançar o corpo relutante. Sem hesitar, segurar a prateleira com firmeza, mesmo que ela abane, que os pés instáveis não toquem o chão, não pensar em mais nada. Apenas naquela felicidade ali fechada, à espera do equilíbrio certo para lá chegar.



4 comentários:

T disse...

Sou bom nos equilibrismos...Onde é a prateleira mesmo?

=P

Closet disse...

Aí és?? Really?... *giggles* :p
Oh T, olha para cima!!

S.o.l. disse...

Segura-a bem, closet, não a deixes cair :))

Bom fim-de-semana.

Closet disse...

Primeiro estou a pensar como vou lá chegar :)
Beijinhos