24 fevereiro, 2012

pessoas âncora vs sedante



Penso que há pessoas âncora e pessoas sedante.

As pessoas âncora são robustas, atracam-nos à terra. Ajudam a estabilizar o nosso mundo exterior, recebem o nosso corpo como um estaleiro, defendem-nos dos perigos lá fora, da instabilidade dos ventos e tempestades, do frio. São o ponto de equilíbrio, o porto de abrigo.  Agarram o nosso destino e traçam connosco racionalmente o caminho.

As pessoas sedante entram em nós devagarinho, esquivas, sem notarmos. Percorrem a corrente sanguínea, libertam uma qualquer substância química no nosso organismo que o faz relaxar. Acalmam-nos por dentro. Ainda que a corrente nos puxe para alto mar, tudo à nossa volta se desmorone num barulho ensurdecedor, e um furacão nos arraste, ainda que elas não consigam encaixar-se na nossa vida, não nos protejam nem sigam ao nosso lado qualquer trilho, elas sedam violentamente o nosso organismo de uma droga magnífica, apaziguam qualquer dor interior.

As pessoas âncora seguram o nosso corpo intermitente mas são incapazes de libertar a nossa mente inquieta que se debate insatisfeita, solitária, no escuro. Impotentes para soltar as nossas fantasias, medos e loucuras. Só as pessoas sedante arrancam-nos a roupa com a suavidade de um beijo e conservam-nos voluntariamente despidos numa paz paradisíaca.

Porque razão nos agarramos sempre a âncoras nesta vida?


2 comentários:

T. disse...

Não percebo nada disso de pessoas sedantes...mas sei bem o que são pessoas ancora. São o nosso cais, recebem.nos, acalmam.nos e apaziguam.nos sempre. São o nosso porto de abrigo.
Não sou muito destas coisas mas gostei bastante deste texto.
Beijo

Closet disse...

Vê assim, as pessoas sedantes são como a substância que te injectaram naquele exame... Fazem-te sentir a arder por dentro, parece que vais explodir, mas o efeito é que é diferente, proporcionam uma sensação de prazer interior que estranhamente nos acalma e vicia.
As pessoas âncora são muito importantes, proporcionam a estabilidade física que sempre procuramos, mas nem sempre conseguem chegar a nós, acalmar a "desarrumação emocional", digo eu.
Pffff....Sei lá o que são pessoas sedantes, inventei isto ontem à noite e parecia-me fazer sentido!
Beijinho